Loading...
Você está aqui:  Home  >  Economia  >  Benefícios do Governo  >  Artigo atual

Saiba Tudo sobre o Cadastro Único para Programas Sociais

Por   /  3 Comentários

    Imprimir       Email

Você sabia que para todas as famílias que possuem uma renda mensal de até meio salário mínimo per capita ou até três salários mínimos no total de pessoas que residem em uma casa, são identificadas pelo Cadastro Único (CADÚNICO) para alguns programas sociais do Governo Federal? É através do Cadastro Único que é possível verificar as condições sócio-econômicas em que as pessoas vivem, como características do domicílio, o acesso aos serviços públicos e todas as informações possíveis sobre o grupo familiar. O Cadastro Único já conta com mais de 19 milhões de famílias inscritas.

Entenda os benefícios do cadastro unico

Os dados são catalogados por um sistema informatizado, que por meio desses dados, o Governo Federal, os estados e os municípios poderão formular e implantar várias políticas, que tem como objetivo, reduzir todos os problemas sociais que estejam relacionados à renda das famílias, as moradias, as formas de acesso ao trabalho, problemas de saúde e educação.

Siga o [Mini Dicas] no Facebook Clique no botão Curtir para se inscrever na nossa página.

O Cadastro Único foi regulamentado pelo Decreto nº 6.135/07, ao qual tem como coordenação o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate a Fome (MDS). O Cadastro Único é usado para selecionar todas as famílias que são beneficiadas pelos variados programas sociais do Governo Federal, como o Bolsa Família.

Para todos aqueles grupos familiares que tenham renda maior do que meio salário mínimo per capita, também poderão fazer parte do Cadastro Único. Lembrando que as inscrições desse grupo familiar tem que estar ligada a inclusão em programas sociais do Governo Federal, estadual ou municipal.

O cálculo do montante da renda familiar desses grupos familiares é feita através do valor dos salários de todos os integrantes da família o todos os outros demais valores recebidos de programas de benefícios, como aposentadoria, pensões alimentícias, seguro desemprego, BCP (Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social), salários mínimos pagos a idosos e pessoas portadoras de deficiência física.

De todos os benefícios possíveis, apenas os valores recebidos por meio do Programa de Transferência de Renda, sejam eles Federal, estadual ou municipal, não serão levados em conta no cálculo do montante da renda familiar. Segundo os critérios do Cadastro Único, a família é toda a unidade nuclear formada por um ou mais indivíduos que colaboram com a renda da casa, ou aqueles que sejam dependentes de membros do grupo familiar desde que estes residam em uma mesma moradia.

Para maiores informações e esclarecimentos, visite o endereço eletrônico: mds.gov.br

    Imprimir       Email

Escrito por:

Editor Webwriter do Mini-Dicas e estudante de Sistemas de Informação, tem 22 anos e curte tecnologia desde pequeno. Começou seu blog pessoal em meados de 2005 e desde então escreve sobre seu assunto preferido: O mundo da tecnologia.

Na categoria de Benefícios do Governo. Fique sempre atualizado, receba nossas dicas por e-mail gratuitamente; Clique Aqui. Você pode deixar um comentário ou compartilhar esta página para seus amigos.

3 Comments

  1. Chad disse:

    Quero primeiramente Da-lhes a Paz de Cristo! Tambe9m aderoi esse site pois, ajudanos a baixar CDs que um verdadeiro Criste3o tem que ouvir, continuem assim para serem abencoados por DUES.

  2. marco antonio badaro athayde disse:

    Devido as minhas limitações, não entendi a didática explicação desta pagina .
    Porem vou reler e tentar perceber o total objetivo .
    Pois sou aposentado por idade, e estou enquadrado na pauta de baixa renda .
    E aproveito para parabenizar a iniciativa , e a publicação deste conteúdo.
    E pergunto :
    como me cadastrar ?
    agradeço as atenções ..

    • André Luis disse:

      O que você não entendeu ?

      Bem, resumindo o Cadastro Único possibilita ao poder público formular e implementar políticas específicas, que possam contribuir para a redução das vulnerabilidades sociais a que essas famílias estão expostas e desenvolver suas potencialidades. Eles poderão realizar o acompanhamento familiar para a inclusão deste público na rede socioassistencial e outras políticas sociais, conforme disposto no Protocolo de Gestão Integrada de Serviços, Benefícios e Transferência de Renda no âmbito do Sistema Único da Assistência Social – SUAS.

      Para poder se cadastrar, você deve procurar em seu município os postos de atendimento do cadastro único, aconselho você ir até a prefeitura do seu município para ter o endereço específico. Ou se preferir, poderá mandar um e-mail para o sistema de Cadastro Único ou comparecer até a unidade do sistema do Cadastro Único no seguinte endereço:

      Departamento do Cadastro Único
      Secretaria Nacional de Renda de Cidadania (Senarc)
      Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS)
      SEPN 515 – Bloco B – Edifício Ômega – Sala 463
      CEP 70770-502 – Brasília/DF
      Tel.: (61) 3433-1500 / 0800-7072003
      E-mail: cadastrounico@mds.gov.br

      Lembrando que nem todas os municípios possuem unidades fixas do sistema de Cadastro Único, por isso aconselhei ir até a prefeitura do seu município para saber se ele já possui alguma unidade instalada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Current month ye@r day *