Loading...
Você está aqui:  Home  >  Bem Estar  >  Saúde  >  Artigo atual

Tudo Sobre a TPM

Por   /  Sem comentários

    Imprimir       Email

O nome já dá um certo temor na maioria das mulheres e em muitos homens também. TPM ou Tensão Pré-Menstrual é um conjunto de sintomas físicos e comportamentais que ocorrem próxima a menstruação, podendo ter um grau alto de severidade e que interfere na vida da mulher.

Aprenda mais sobre a  TPM

Os sintomas de TPM são:

  • Desconforto Abdominal;
  • Dor de cabeça;
  • Fadiga;
  • Irritabilidade;
  • Tensão;
  • Humor Deprimido;
  • Aumento do Apetite;
  • Esquecimento e dificuldade de concentração;
  • Acne;
  • Hipersensibilidade a estímulos;
  • Raiva;
  • Choro Fácil;
  • Calor;
  • Palpitações;
  • Tonturas;
  • Ansiedade;
  • Dor nas mamas;
  • Inchaço e dor nas pernas.

Para se chegar ao diagnóstico de TPM, deve se fazer um controle do ciclo menstrual pelo período mínimo de dois ciclos. Além disso, deve-se ter exames que descartem qualquer outro tipo de problemas de saúde como: hipotireoidismo, perimenopausa, síndrome do intestino irritável, enxaqueca entre outros problemas.

Siga o [Mini Dicas] no Facebook Clique no botão Curtir para se inscrever na nossa página.

O tratamento inclui o diagnóstico específico de cada sintoma e deve ser individualizado. A maioria dos tratamentos usa um medicamento chamado placebo (progesterona, espironolactona, óleo de prímula e vitaminas B6 e E, ingestão de cálcio e magnésio). A fluoxetina, medicamento psiquiátrico, foi a única droga que mostrou eficácia para a forma severa de TPM, com prevalência de sintomas de raiva, irritabilidade e tensão.

Para prevenir a TPM, modifique sua alimentação, evitando gorduras, sal, açúcar e cafeína. Como em menor quantidade e com dietas ricas em cálcio. Se fumar, pare e faça exercícios físicos com regularidade.

Outro fator que desencadeia e muito a TPM é o estresse, portanto, procure relaxar, descansar mais quando tiver a oportunidade, evitando atividades que desencadeiam momentos nervosos e cansativos. Além disso, faça alguma atividade prazeirosa e procure não se preocupar tanto com os problemas.

Quando for ao médico, pergunte e relate exatamente o que sente, não escondendo nenhum sintoma, pois só assim ele terá um diagnóstico preciso em relação ao seu caso em específico.

    Imprimir       Email

Escrito por:

Lucilene Batista no Google+

Na categoria de Saúde. Fique sempre atualizado, receba nossas dicas por e-mail gratuitamente; Clique Aqui. Você pode deixar um comentário ou compartilhar esta página para seus amigos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Current month ye@r day *