Loading...
Você está aqui:  Home  >  Bem Estar  >  Saúde  >  Artigo atual

Saiba Tudo Sobre a Medicina Ortomolecular

Por   /  Sem comentários

    Imprimir       Email

Você já deve ter ouvido falar da Medicina Ortomolecular certo? A Medicina Ortomolecular afirma que as doenças são consequências diretas de desequilíbrios químicos pela falta de nutrientes no organismo. Esta especialidade, diz que nesse caso, há como tratar e prevenir doenças, e até alcançar a cura, deixando os nutrientes em um nível excelente no organismo, usando muitas vezes suplementos químicos.

Entenda tudo sobre medicina ortomolecular

A medicina Ortomolecular tem por vantagem, fazer uso das próprias moléculas do corpo, para incentivar a cura ou melhora na pessoa, através de suplementos vitamínicos. Por ser menos invasiva, tem menos contra indicações e efeitos colaterais que a medicina comum.

A dieta Ortomolecular, baseia-se em estudos laboratoriais super modernos e testes de vitaminas, funções do estômago e intestino, hormônios e outros órgãos. A medicina Ortomolecular não é reconhecida como uma medicina segura, pois todos os exames não tem uma base real de um diagnóstico preciso do problema da pessoa, apenas de baseando em testes e pesquisas sem uma segurança de 100% de que a pessoa tem aquele problema ou necessite de determinado tratamento.

A dieta Ortomolecular, se vale apenas de suplementos vitamínicos para tratar a pessoa. Substâncias como aminoácidos, enzimas, hormônios entre outros tipos, são administrados e utilizados nos pacientes.

As doses são tão altas, que causam muitas vezes, problemas sérios no organismo da pessoa, fazendo com que ela comece a ter problemas de saúde, originado do excesso de nutrientes no organismo. A medicina convencional condena essa prática, pois as doses ultrapassam e muito o consumo recomendado e aprovado por especialistas da área de nutrição.

Ao contrário do que muitos pensam, a medicina Ortomolecular é reconhecida como prática alternativa, assim como a Homeopatia. Os médicos são experientes especialistas que migraram de suas áreas de origem para essa nova medicina e ainda muito contraditória.

    Imprimir       Email

Escrito por:

Lucilene Batista no Google+

Na categoria de Saúde. Fique sempre atualizado, receba nossas dicas por e-mail gratuitamente; Clique Aqui. Você pode deixar um comentário ou compartilhar esta página para seus amigos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Current month ye@r day *