Loading...
Você está aqui:  Home  >  Bem Estar  >  Beleza  >  Artigo atual

Causas da Queda de Cabelos Femininos e Como Evitar

Por   /  Sem comentários

    Imprimir       Email

Normal cair os fios de cabelo. Faz parte do ciclo do fio, que inclui as fases de crescimento e repouso. Mas se deixou rastros no travesseiro, no banco do carro ou no ralo do banheiro, faça o seguinte teste recomendado por dermatologistas: divida a cabeça em quatro partes e, em cada uma delas, passe dez vezes os dedos entre os fios delicadamente, da raiz às pontas. Se saírem seis ou mais fios de cada área ou um total de 24 é sinal de que o seu cabelo está caindo além da conta e que está na hora de procurar um especialista.

Dicas para evitar a queda de cabelos

Existem os períodos em que a queda é mais acentuada. Vamos as principais causas e soluções para cada uma: Pós-parto é comum e o cabelo começa cair dois ou três meses após o nascimento do bebê. Voltam ao normal depois de seis meses e sem precisar fazer tratamento.

Siga o [Mini Dicas] no Facebook Clique no botão Curtir para se inscrever na nossa página.

Stress e o esgotamento físico ou emocional pode fazer com que o cabelo caia de forma localizada ou em pontos diversos da cabeça. Isso acontece devido ao aumento na produção e liberação do estradiol, hormônio que causa processo inflamatório nos bulbos capilares e mata os fios. Os efeitos do stress podem demorar a aparecer e com isso vêm à dificuldade de encontrar a tempo do problema. É recomendável fazer atividades relaxantes.

As alterações na tireoide e a diminuição na produção de hormônios pela glândula, o mal do hipotireoidismo, faz com que o organismo poupe energia e acelere o processo de queda. É indispensável consultar o médico e realizar exame de sangue para confirmar se há alteração no funcionamento da tireoide. Caso se confirme, será necessária reposição hormonal para o cabelo voltar a crescer entre três e seis meses.

Anemia é o problema que prejudica a chegada de oxigênio à raiz do cabelo e deixa o fio fino e frágil. Aumente o consumo de alimentos ricos em ferro, caso da carne, do espinafre, das leguminosas como feijão, grão de bico e lentilha, dos cereais integrais e das nozes. Para facilitar a absorção do mineral pelo organismo consuma junto uma fonte de vitamina C, como laranja, abacaxi, acerola, caju e kiwi. Procure um médico especialista e saiba se realmente poderá fazer esse tipo de dieta. Nunca faça experiências sem consulta médica.

    Imprimir       Email

Escrito por:

Somos aprendizes de uma Vida eterna e nunca saberemos nada sobre ela.

Na categoria de Beleza. Fique sempre atualizado, receba nossas dicas por e-mail gratuitamente; Clique Aqui. Você pode deixar um comentário ou compartilhar esta página para seus amigos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Current month ye@r day *