Saiba Tudo Sobre Hérnia Abdominal

Por   /  Sem comentários

A hérnia abdominal é tida por muitas pessoas como um problema simples e que não precisa de cuidados. Mas ela pode matar. A Hérnia, é o aparecimento de tecido gorduroso ou até parte do intestino, nas paredes abdominais e pode causar dor e em casos mais graves, ela pode ser comprimida ou ter um rompimento dos vasos sanguíneos, uma hemorragia interna e matar a pessoa. Se você quiser saber mais sobre os tipos de Hérnia, confira a seguir e fique esperto com esse problema nem tão simples assim. Continue lendo e saiba como diagnosticar e tratar a Hérnia Abdominal.

Entenda tudo sobre hérnia abdominal

Além da Hérnia abdominal, existe mais alguns tipos como a hérnia umbilical, a hérnia de testículo e a hérnia na virilha. A hérnia umbilical é uma hérnia que não é considerada um hérnia abdominal, pois ela se forma a partir da área da cicatrização interna do local do umbigo, que quando dentro do útero materno recebia os nutrientes necessários para o desenvolvimento do bebê. A hérnia umbilical é a única que dentre as outras hérnias, pode regredir, ou seja, fechar o local da cicatrização, fazendo a hérnia simplesmente desaparecer, mas se isso não acontecer na infância até os 12 anos, somente uma cirurgia poderá solucionar o problema.

Os outros tipos de hérnias como de testículo ou virilha, também são resultado de carregamento de peso excessivo, e como no caso da hérnia abdominal e umbilical, somente a cirurgia poderá resolver o problema.

A cirurgia de hérnia é um procedimento considerado simples, pois geralmente a pessoa é internada e sai no outro dia, e durante a cirurgia recebe uma anestesia local e a operação geralmente não demora mais que 30 minutos a 1 hora. O pós operatório, exige que a pessoa fique 30 dias sem pegar peso e que haja um cuidado extremo para não se agachar ou ter movimentos bruscos.

As chances de uma hérnia, principalmente abdominal voltar, varia muito, principalmente dado o esforço físico desempenhado na região abdominal. Em caso de gravidez, a chance dela voltar praticamente triplica.

    Imprimir       Email

Escrito por:

Na categoria de Saúde. Fique sempre atualizado, receba nossas dicas por e-mail gratuitamente; Clique Aqui. Você pode deixar um comentário ou compartilhar esta página para seus amigos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *