Os Avanços na Vacina Contra a Gripe

Por   /  Sem comentários

O outono está acabando e chega o inverno, e ele te lembra o que além de frio? Gripe não é mesmo? A estação mais fria do ano, pede muito agasalho e também muitos cuidados com a saúde respiratória. Mas as novas tecnologias e experimentos prometem acabar com a dor no corpo, febre, dores de cabeça, tosse e coriza num futuro bem mais próximo do que imaginamos, garantindo a todo planeta, dias melhores sem gripe.

Avanços da medicina contra a gripe

No mundo, já há algumas vacinas para gripe. A gripe H1N1 por exemplo, que causou uma pandemia no planeta em 2009, matando 14.000 pessoas, já existe e é administrada em bebês, grávidas e idosos no Brasil pelos postos de saúde. O grande problema da gripe, é que ela sempre está sofrendo mutações. Essas mutações são um perigo, já que a tendência é que ela fique mais forte a cada nova vacina, causando possíveis pandemias como a de 2009.

Os pesquisadores descobriram que a vacina da H1N1, desencadeou vários anticorpos que acabam por proteger a pessoa contra outros tipos de gripe, como a H5N1, um tipo de gripe proveniente de aves e letal. Os pesquisadores perceberam em experimentos, que esses anticorpos atingem a raiz de uma das proteínas mais severas da gripe, a hemaglutinina. As vacinas atuais atingem apenas superficialmente essa proteína, não eliminando ela por completo.

Em 2011, os médicos que trataram pessoas que pegaram a gripe de 2009 e sobreviveram, disseram que essas pessoas criaram novos anticorpos, resistentes a mais de uma espécie de gripe, inclusive a que eles haviam tido e a H5N1.

Essa informações animaram os médicos, mas ao mesmo tempo, deu a eles a responsabilidade e estar sempre inovando nessa área. Isso por causa da mutação constante que a gripe sofre, indicando que a cada temporada, será necessária mais vacinas diferentes para combater sempre uma nova espécie de vírus.

    Imprimir       Email

Escrito por:

Na categoria de Saúde. Fique sempre atualizado, receba nossas dicas por e-mail gratuitamente; Clique Aqui. Você pode deixar um comentário ou compartilhar esta página para seus amigos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *